terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Educação sentimental

Quando menina, ouviu que o coleguinha só puxava as suas tranças porque gostava dela.
Adulta, tinha um marido que lhe puxava pelos cabelos para fora da festa. Acreditava ser amada.

10 comentários:

Lídia disse...

É...
Complicado!
=/

Z, disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Claudia Pantoja disse...

Ílis, é uma das minhas músicas favoritas, não poderia estar de fora.

Beijos e muitas saudades.

Luiz Gomez disse...

Por onde andam estas autoras. Certamente, com outras e mais coisas a dizer.

Por que você faz poema? disse...

Acreditamos em cada coisa...

Guilherme Sakuma disse...

Ha, muito bom. Certeiro. Queria ter escrito esse, merda.

Anônimo disse...

Your method оf explaіning the wholе thіng in thiѕ post is genuinely fastidiouѕ, everу one can withοut dіffіculty
know it, Thanks a lоt.

Also visit my homеpagе; wiki.strezhevoy.ru
Also see my web page: http://blog.phirmaza.com/

Anônimo disse...

Increasingly folks are adopting this technique which
they're obtaining extremely simple to practice.

Also visit my web page: the flex belt review
my web page: the flex belt

Anônimo disse...

I do not еven knoω hoω Ӏ finіshеԁ up here, however I assumeԁ this put up used to
be gοοd. Ι don't know who you are however definitely you are going to a famous blogger if you aren't alrеaԁy.
Cheеrs!

Feel frеe to suгf to my ωebѕite:
colnotion.com

Anônimo disse...

Ahaa, its pleaѕant conversatіοn геgarding this piеcе οf wгitіng
at thіs place at thіs wеblοg,
I have read all thаt, so now me аlso commеnting here.



Here is my website; hair removal system